1 - QUADRA

1.1 - A quadra é de forma retangular e compreendem uma área de jogo medindo 9 metros de largura por 18 metros de comprimento.
1.2 - As linhas fazem parte da quadra de jogo.

2 - DURAÇÃO DO JOGO

2.1 - A partida terá duração 3 sets de 10 minutos sem intervalo. Prorrogação a critério da arbitragem. Vence a equipe que ganhar 2 sets.
2.2 - A partida inicia-se com o apito do árbitro principal e encerra-se com o apito do cronometrista.
2.3 - O cronômetro será parado quando o árbitro principal assim determinar.
2.4 - Será vencedora do set a equipe, que decorridos os minutos regulamentados, conte com o maior número de jogadores que não tenham sido “baleados”.
2.5 - Será vencedora da partida a equipe que ganhar dois sets.
2.6 - Ocorrendo empate em número de pontos entre duas ou mais equipes, serão adotados os seguintes critérios:
    a) Maior número de vitórias;
    b) Menor número de queimados na competição;
    c) Confronto direto;

3 - A BOLA

3.1 - A bola a ser utilizada será a bola H2L (feminino) H3L(masculino) calibragem 8

4 - O UNIFORME

4.1 – Cada equipe deverá possuir um uniforme a ser utilizado pela mesma no dia da disputa (NÃO É OBRIGATÓRIO QUE SEJA NUMERADA).

5 - OS JOGADORES

5.1 - A equipe será constituída por 10 jogadores.
5.2 – A equipe poderá dar início a partida com no mínimo 10 atletas.
5.3 - O capitão da equipe ou os atletas “baleados” lançarão a bola que ultrapassar a linha de fundo da quadra adversária ou estiverem pelas laterais da mesma, o lançamento deverá ser feito atrás da linha de fundo ou de seu prolongamento, a equipe que não cumprir o disposto neste item perderá a posse da bola.
5.4 - Todos os jogadores poderão arremessar a bola em direção a quadra adversária, desde que a mesma não tenha ultrapassado os limites da sua própria quadra.
5.5 - O jogador que ultrapassar as linhas que delimitam a quadra, estando este com a posse de bola, não será considerado “baleado” e a bola deverá ser revertida para a reserva da outra equipe.
5.6 - O atleta somente poderá bater bola após tê-la segurado.
5.7 - Será considerado “baleado" o jogador que for atingido em qualquer parte do corpo pela bola e esta venha a cair no chão antes de novo lançamento.
5.8- Será considerado “baleado" o jogador que tentar segurar a bola e, não conseguindo, a derrube no chão.
5.9 - Se o atleta segurar a bola e cair com ela dominada, não será considerado “baleado" mesmo que a bola toque o chão.
5.10 - Se a bola antes de bater no jogador, tocar o chão, este não será considerado “baleado".
5.11 - Se a bola bater simultaneamente no chão e no jogador, este não será considerado “baleado".
5.12 - Se a bola tocar em 01 (um) jogador e antes que toque o chão for segurada por um companheiro da equipe ou da equipe adversária ele não será considerado “baleado" e o jogo prosseguirá normalmente.
5.13 - O atleta após ser “baleado” deverá dirigir-se ao outro lado da quadra onde deverá permanecer até o final do jogo.
5.14 - O jogador que se dirigir ao outro lado da quadra, mesmo depois de “baleado", não poderá atravessar por dentro da quadra adversária.
5.15 - Se ao arremessar a bola no ataque, a mesa sair pela lateral da quadra, será alternado a posse da bola para a equipe adversária.
5.16 - Reservas e substituições: cada equipe poderá participar com no máximo 12 jogadoras (sendo duas reservas). Porém, as substituições só poderão ser efetuadas e antes do início da partida e uma por jogo.
5.17 - Idade mínima para participação no circuito: 15 anos mediante termo de autorização assinado por um responsável legal

6 - O CAPITÃO

6.1 - Um dos jogadores titulares será o capitão e usará obrigatoriamente uma braçadeira para diferenciá-lo dos demais jogadores.
6.2 - O capitão deverá iniciar o jogo atrás da linha de fundo da quadra em que se encontram os jogadores da equipe adversária, e lá permanecer obrigatoriamente até que pelo menos um dos jogadores da sua equipe seja baleado, e venha substituí-lo na sua posição.

7 - O TIRO DE SAIDA

7.1 - O Tiro de saída é executado pela equipe que ganhou o sorteio, e optou para iniciar com posse de bola.
7.2 – A primeira bola de saída deverá ser “alta” não podendo o jogador balear os outros da equipe adversária. Isso só será permitido a partir da segunda bola.

8 - O JOGO PASSIVO

8.1 - Será considerado jogo passivo toda bola que não seja lançada com intenção de “queimar” um atleta adversário.
8.2 - O jogo passivo será permitido até o 3º (terceiro) lançamento consecutivo, o 4º (quarto) lançamento deve ser obrigatoriamente com o objetivo de balear. O não cumprimento deste, implicará em penalidade para a equipe, com a perda da posse de bola.

9 - A EQUIPE DE ARBITRAGEM

9.1 - A equipe de arbitragem é composta por 02 (dois) árbitros, 01 (um) apontador e 01 (um) cronometrista.
9.2 - Cada partida será dirigida por 02 (dois) árbitros, sendo o do centro árbitro principal e o de fundo auxiliar.

10 - AS SANÇÕES

10.1 - Os atletas, técnicos e comissão técnica poderão ser punidos com advertência:
    >> Cartão amarelo: 2 cartões amarelos implicam na saída do jogador do time para reserva
    >> Cartão vermelho: implica na expulsão da jogadora. A jogadora expulsa pegará no mínimo uma partida de suspensão, logo ficará fora da próxima partida do seu time. A arbitragem pode considerar que o motivo da expulsão se enquadra em uma das infrações (tópico 11) e expulsar a jogadora da competição. O time então jogará com uma jogadora a menos, situação já explicada no tópico 5.

10.2 - São infrações a serem punidas com advertência:
    >> Atitude antidesportiva para com o adversário, companheiros, oficiais ou torcidas.
    >> Colocar o adversário em perigo durante suas ações.
    >> Outras infrações consideradas pela arbitragem.

11 - INFRAÇÕES

11.1 - São infrações a serem punidas com exclusão:
    >> Atitude antidesportiva grosseira para com o adversário, companheiros, oficiais e torcidas.
    >> Reincidência após advertência.
    >> Agressão física contra companheiro, adversário, oficiais e torcidas.
    >> Um atleta ou dirigente excluído não poderá permanecer no banco de reservas.
    >> Um atleta excluído não poderá ser substituído.
    >> Os técnicos e Comissão Técnica punida com exclusão, ficarão impedidos de continuar na partida e, de participar da partida subseqüente, podendo ainda ser julgados pelo T.R.J.D.

ART. 2º - Os casos omissos a este regulamento, serão resolvidos pela Coordenação de Modalidade, após consulta à Coordenação Técnica ou Coordenação Geral do evento.

12 - INVASÕES

12.1 - Não é considerado invasão:
    >> Caso o jogador encaixe a bola dentro da sua quadra e como forma de impulso entre a quadra adversária.
    >> Quando o jogador após arremessar a bola adentrar a quadra adversária.

12.2 - É considerado invasão, com perda da posse de bola:
    >> Quando o jogador domina a bola já dentro da quadra adversária.
    >> Quando o jogador pisar na linha na hora de arremessar a bola.
    >> Quando o jogador com a bola dominada adentra na quadra adversária.

12.3 - Sair da quadra ou invadir a quadra adversária propositalmente:
    >> Caso um jogador saia da quadra propositalmente para não ser baleado em uma jogada, o mesmo será considerado baleado.
    >> Caso um jogador invada a quadra adversária propositalmente para não ser baleado em uma jogada, o mesmo será considerado baleado.
    >> Caso um jogador perca um equilíbrio caindo sobre a quadra adversária ou fora da área de jogo o mesmo NÃO pode ser baleado.

13 - ZONAS FRIAS

Visando sempre a melhora dos jogos e a segurança dos atletas.
Passa a ser Regra:

13.1 - O rosto passa a ser definido como ZONA FRIA, ou seja, não será considerado baleado, o atleta que for atingido acima do pescoço. Ombro e pescoço NÃO CONSTITUEM zonas frias.

13.2 - Caso a jogadora seja atingida no rosto numa tentativa de se abaixar ou desviar da bola, a mesma será considerada baleada.

    >>Punições: A punição caso um atleta seja diretamente atingido no rosto, dependerá da interpretação do árbitro (distância entre ataque e defesa, comportamento do atleta durante a partida). Caso seja definido como atitude anti desportiva o jogador (a) será expulso (a) da partida corrente e ficará impossibilidade de disputar a próxima.
Acreditamos que algumas medidas ajudarão a diminuir acidentes que vem ocorrendo com certa frequência nos jogos realizados.